Harmonizando vinhos e leituras

0

Um vinho pra ler ou um livro pra degustar? Enquanto o público tenta uma conclusão, a agência de design Reverse Innovation (sedes em Milão e Amsterdã) lota as prateleiras com prêmios para o seu projeto Librottiglia – junção das palavras livro (libro) e garrafa (bottiglia), em italiano.

Os livros funcionam como rótulos para as garrafas da vinícola Matteo Correggia, de Canale d’Alba, no norte do Itália e compõem uma trilogia. Cada história se relaciona com o vinho que a acompanha.

Captura de Tela 2017-09-12 às 23.03.29 cópia

Patrizia Laquidara assina “La Rana nella Pancia” (A Rã na Barriga), uma fábula “enigmática como o vinho seco Brachetto Anthos. Já a escritora brasileira e produtora cultural Regina Nadaes Marques, radicada em Milão, apresenta o romance “Ti amo. Dimenticami” (Te amo. Esqueça-me) com uma história de amor “intensa como o tinto Nebiolo da região de Roero, no Piemonte”. A trilogia se completa com “L’Omicidio” (O Homicídio), uma ação policial bem-humorada de Danilo Zanelli, “leve e refrescante como o vinho branco Roero Arneis”. Para conhecer o site do projeto, clique aqui. E aqui você dá uma voltinha no site da Reverse Innovation. Salute!

Captura de Tela 2017-09-12 às 23.04.02 cópia

Captura de Tela 2017-09-12 às 23.02.35 cópia

Deixe seu comentário